Categorias
Gravidez pós-perda

Gravidez após a perda: 3º trimestre

Semana 39

Apoio para uma gravidez depois da perda

Apesar de todos os órgãos do seu bebé estarem formados, os pulmões e o cérebro continuam a desenvolver-se.

O sistema imunitário do seu pequeno continua a fortalecer-se, ainda através da placenta, o que ajudará o bebé a lutar contra infeções e doenças.

Caso o seu bebé chegue agora, por favor note que:

  • Ao contrário do que os filmes nos mostra, os bebés não choram logo. Pode demorar um bocadinho antes de conseguirem limpar as vias respiratórias e chorar. Para além disso, é normal que ao princípio a sua respiração seja acelerada e demore a acalmar.
  • O seu bebé será monitorizado imediatamente. Mesmo enquanto o segura, alguém estará a verificar que está tudo bem e repetirá isto frequentemente.
  • As mãos e pés do seu bebé podem estar azuis – isto é porque a circulação demora um bocadinho. O resto da sua pele será vermelha ou até roxa e pode demorar umas semanas até ver a verdadeira cor de pele do seu bebé.
  • Se for rapaz, os seus testículos podem ser grandinhos – não se assuste, é temporário e causado por hormonas e retenção de água.
  • Nem sempre é amor à primeira vista. Permita-se tempo para conectar-se com o seu bebé.
  • Mesmo depois do parto, ainda vai parecer grávida durante um tempo. Pode demorar até 6 semanas para o seu útero voltar ao seu tamanho original.

Um parto pode ser inesperado. Tente ter a sua mala do hospital pronta. A ansiedade, especialmente se for o primeiro bebé a chegar a termo, pode estar à flor da pele e reconhecer os sinais de parto é importante. No entanto, confie no seu corpo e instinto. Discuta o seu plano de parto as vezes que forem precisas: respire fundo. Lembre-se: os bebés sabem nascer e as mães sabem parir.

Eu recebo de braços abertos as mudanças que a gravidez e o parto trazem ao meu corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.