Categorias
Gravidez pós-perda

Gravidez após a perda: 3º trimestre

Semana 41

Apoio para uma gravidez depois da perda

Pois é mamã, já não está fácil. Não é fácil dormir, vestir meias, atacadores são coisas do passado e lavar os pés é tarefa do parceiro(a). Sabemos. Mas falta pouco, prometemos!

Por vezes, os bebés demoram um bocadinho mais a sair. Se houver indícios de complicações ou ansiedade, pode sempre discutir com o seu obstetra a possibilidade de uma indução.

O seu bebé já terá cerca de 4 kgs e o vérnix que o protegia já é, praticamente, inexistente, por isso se o seu bebé nascer vermelhinho, não se apoquente, é normal.

Mamã, papá, parceiros: parabéns! Uma gravidez depois de uma perda é das coisas mais difíceis e desafiantes que uma pessoa pode fazer.

É um ato de coragem, de esperança e uma luta constante com a ansiedade.

Estamos tão orgulhosas. E enviamos o maior amor e carinho a esse arco-íris e a vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.